quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Sport cresce e vira para cima do Central, na Ilha do Retiro

Apesar de não ter sido brilhante, o Sport foi valente e venceu o Central, por 2 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira (03), na Ilha do Retiro. Os gols saíram todos no primeiro minuto. Danilo Pitbull abriu o placar logo aos 5 minutos. Mas o Leão reagiu e Igor empatou aos 38 minutos e Thiaguinho, num golaço, decretou a vitória.

Com o resultado, a equipe rubro-negra chega a 14 pontos e encosta no grupo de classificação. Já o Central mantém os 19 pontos e a liderança do Pernambucano.

As duas equipes voltam a campo às 16h do próximo domingo (06), para a nona rodada do Campeonato Pernambucano. O Sport tem o clássico contra o Santa Cruz, no Arruda. Já o Central recebe o Náutico, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.

O JOGO
O Sport foi o primeiro a ter uma chance para marcar, logo aos 4 minutos. Num contra-ataque rápido, Carlinhos Bala tocou para Ciro, invadir a área e chutar com força, para defesa de Sérvulo.

No minuto seguinte, o Leão provou do próprio veneno. Também num contra-ataque veloz, o Central chegou ao gol. Danilo Pitbull aproveitou um cruzamento para a área, dominou e soltou a bomba, na entrada da pequena área, sem chance de defesa para Gustavo.

O gol desestabilizou a equipe rubro-negra, que cometeu uma sucessão de erros. Demonstrando afobamento, os atacantes passaram a arriscar chutes de longe, sem oferecer qualquer perigo para o goleiro Sérvulo.

A reação leonina começou aos 38 minutos, quando Thiaguinho cruzou para a área e o zagueiro Igor apareceu para cabecear no canto esquerdo, igualando o placar. Cinco minutos depois, veio a virada num belo gol de Thiaguinho. Ele recebeu, invadiu a área e soltou a bomba no ângulo esquerdo, sem dar qualquer chance de defesa para Sérvulo.

Em desvantagem, o Central voltou para o segundo tempo com um esquema mais ofensivo. O técnico Maurício Simões tirou o zagueiro Emerson para a entrada de Rosembrik. Foi a segunda mudança da Patativa. A primeira aconteceu ainda no primeiro tempo, quando o atacante Beto fraturou a fíbula, num lance isolado, e foi substituído por Arlei.

Mas quem começou pressionando foi o Sport. Aos 13 minutos veio a melhor chance do Leão. Ciro recebeu na área, mas não consegui bater. Ele tocou para a entrada da área e Carlinhos Bala chutou de primeira. A bola ficou na zaga da Patativa.

Três minutos depois, Ciro voltou a aparecer na área. Ele limpou a jogada e soltou a bomba. A bola explodiu na zaga e foi para escanteio. A resposta da Patativa veio aos 21 minutos, quando Vassoura recebeu na área, girou e bateu para grande defesa de Gustavo.

A partida ficou aberta e Ruan, que entrou no lugar de Alessandro, foi derrubado, mas conseguiu levantar e prosseguir no lance. Ele invadiu a área, mas bateu em cima do goleiro Sérvulo. Aos 36 minutos, o jovem atacante voltou a desperdiçar uma grande chance. Ele ficou frente a frente com o arqueiro da Patativa, mas acabou batendo muito fraco, facilitando a defesa, no último bom lance do jogo.

FICHA DO JOGO

SPORT

Gustavo; Thiaguinho (Renato), Igor, Astorga e Wellington Saci; Tóbi, Hamilton e Renato Ribeiro (Jó); Carlinhos Bala, Ciro e Alessandro (Ruan).
Técnico: Geninho.

CENTRAL
Sérvulo; Breno, Valnei e Emerson (Rosembrik); Gustavo (Romero), Fernando Pires, Wilson Surubim, Vassoura e Vanderson; Beto (Arlei) e Danilo Pitbull.
Técnico: Maurício Simões

Local: Ilha do Retiro.
Público: 24.109
Árbitro: Gleydson Leite.
Assistentes: Jossemmar Diniz e Pedro Wanderley.

Fonte: Pe360graus

Nenhum comentário:

Postar um comentário